Translate

2 de abril de 2014

Inspiration - E ela simplesmente largou...

Existem alturas em que temos que deixar ir... Largar, para que o peso da caminhada da vida seja menor. Porque deixar ir é muitas vezes a única maneira de continuar. 

"Ela largou. Ela deixou ir. Sem qualquer pensamento ou palavra, ela deixou ir.
Ela deixou ir o medo.
Ela deixou ir os julgamentos.
Ela deixou ir a confluência de opiniões que saltavam na sua cabeça. 
Ela deixou ir as indecisões que existiam dentro dela.
Ela deixou ir todas as razões "certas" .
Total e completamente, sem hesitação ou preocupação, ela simplesmente deixar ir.
Ela não pediu conselhos a absolutamente ninguém.
Ela não leu nenhum livro sobre como deixar de ir.
Ela não procurou como fazê-lo nas escrituras.
Ela apenas deixar ir.
Ela deixou ir todas as memórias que a puxavam para trás.
Ela deixou ir toda a ansiedade que a impedia de avançar.
Ela deixou ir todo o planeamento e todos os cálculos sobre como fazer as coisas bem.
Ela não prometeu deixar ir.
Ela não fez revisão nenhuma sobre o assunto.
Ela não escreveu a data planeada na agenda.
Ela não fez nenhum anúncio público.
Ela não verificou a previsão do tempo ou leu o seu horóscopo.
Ela acabou por deixar ir.
Ela não analisou se deveria ou não deixar ir.
Ela não chamou os seus amigos para discutir o assunto.
Ela não fez o retiro espiritual.
Ela não fez orações.
Ela não pronunciou uma palavra.
Ela acabou apenas por deixar ir.
Ninguém estava por perto quando isso aconteceu.
Não houve aplausos ou parabéns.
Ninguém lhe agradeceu ou elogiou.
Ninguém notou nada.
Como uma folha a cair de uma árvore, ela simplesmente deixar ir.
Não houve esforço.
Não houve luta.
Não era bom e não também não era mau.
Era o que era, e era exactamente aquilo.
No espaço de deixar ir, ela deixa tudo ir.
Um pequeno sorriso surgiu em seu rosto.
Uma leve brisa soprava através dela. 
E o sol e a lua brilharam para todo o sempre!..."

Safire Rose


With Love, Ana Rosina

Sem comentários :

Enviar um comentário

Pin It button on image hover