Translate

10 de junho de 2013

Inspiration


"E assim arrasto a fazer o que não quero, e a sonhar o que não posso ter, na minha vida (...), absurda como um relógio público parado. Aquela sensibilidade ténue, mas firme, o sonho longo mas consciente (...) que forma no seu conjunto o meu privilégio de penumbra."


Fernando Pessoa in " Livro do Desassossego"


Paperfashion sketch

With Love, ***

Sem comentários :

Enviar um comentário

Pin It button on image hover