Translate

17 de agosto de 2012

Inspiration - Será que é mesmo necessário um homem na vida de uma mulher?

Algumas mulheres precisam desesperadamente de um homem para viver. Não, isso não é coisa antiga e retrogada. É mais atual do que pensa. Existem mulheres que são infelizes sem um homem ao lado. Outras precisam estar sempre apaixonadas... Eu não preciso de homem para viver. Na verdade, nunca precisei. Para falar mais a verdade ainda, o único homem que precisei foi do meu pai. Ele ensinou-me o que era som da gargalhada, o picar de uma barba no meu rosto, ensinou-me a fingir que estava a dormir só para que ele me levasse ao colo para a cama, ensinou-me a ser honesta e justa. Com ele, aprendi a descascar laranjas, a apanhar uvas, a gostar de patuscadas, a dar cambalhotas, a comer sopa de bacalhau e até a aplicar medicação em animais! O meu pai deu-me apoio,consolo, suporte, abrigo e amor. Ensinou-me e mostrou-me o que é certo e errado na vida. Aprendi que temos que fazer por merecer e que não existe nada de errado se não soubermos o que queremos, desde que saibamos exactamente o que não se quer. Com o meu pai eu aprendi a ser gente. Aprendi que não precisas ter muito para seres alguém. Ser bom e ter um sorriso sempre, já é suficiente. E a entender e aceitar que as pessoas são diferentes e precisam se respeitar. E que nem toda a gente tem que ter o mesmo gosto. Aprendi a ter paciência e força. E que nem sempre o jeito que alguém diz que te ama é o mesmo jeito que falas e demonstras que amas. Aprendi que carinho e atenção existem, mas que às vezes é fundamental um puxão de orelhas. E que o mundo é grande demais, por isso temos que o correr. Mesmo que nos apeteça muito ficar no conforto e no colo do papá e da mamã. E que sempre vai existir alguém mais bonito e mais inteligente, assim como sempre vai existir um mais burro e mais feio! E que um abraço fala muito mais do que um monte de palavras. E que um beijo e um cafuné confortam mais que um cobertor numa noite gelada de Inverno. Eu acho que precisamos do pai quando se é pequeno e depois que se cresce. Precisamos do pai até mesmo depois dele morrer. Mesmo longe, no céu dos pais, das estrelas, no infinito a que eles pertencem, eles ensinam-nos e acompanham-nos de alguma forma. Pai é uma figura eterna!... E que nunca vai ser substituída. Por ninguém neste mundo.
Eu não preciso de homem para viver. Vou pagando as minhas contas, sei trocar lâmpadas e sei ver o óleo do carro. E ainda vou consertando umas coisitas. Mas tudo bem. Eu não preciso de homem para viver. Não vejo problema algum em ir a uma festa, ir ao cinema ou jantar sozinha. Eu não preciso de um homem para viver, mas ter uma companhia é bem melhor.
Dizem que o primeiro amor de uma menina é o pai. O segundo é alguém que vira o amor da vida. Ninguém tira o meu pai do meu coração. Nem o amor da minha vida. E querem saber? Acho mesmo que ninguém precisa de um homem para viver. Mas que a vida com eles fica bem melhor, ah, isso fica!... 
É muito mais feliz ter com quem dividir a vida do que vivê-la sozinha.

Ana de Freitas 

(Adaptado)


With Love, ***

1 comentário :

  1. saiu do coracao mesmo!! esta lindo...tenho no na garganta!!!! beijinhos-Naty

    ResponderEliminar

Pin It button on image hover