Translate

6 de março de 2012

Inspiration

É impossível nós buscarmos um esconderijo para fugir de algumas verdades. Elas são espertas, sabem direitinho onde nos procurar. E encontram-nos, para nos colocar frente a frente com aquilo que queremos fingir que não existe. Noutras palavras: não dá para deixar para lá. A vida acontece desde que nós damos o primeiro choro. E todo tempo é precioso demais, já que o amanhã é uma incógnita.

Tenho alguma dificuldade em aceitar mudanças. Resistente, as vezes custo a me adaptar. Quero adivinhar a vida, programar os dias, guardar as certezas entre os dedos. Engano meu, nós não dominamos o futuro. E deve ser essa a graça de viver: simplesmente não saber! Não saber o que o futuro reserva. Porque nunca fui muito chegada a surpresas, gosto de saber cada passo....

Quando era pequena, não aguentava esperar até receber os presentes de Natal. Na calada da noite, ia até a árvore e espiava dentro dos pacotes. Só assim dormia feliz, descansada e com a certeza do que viria dias depois. Essa ansiedade toda de saber o que está a acontecer e o que vai acontecer vem da infância. Mas não pode mais me acompanhar na vida adulta. Preciso aprender a aceitar que nem tudo se sabe. A vida dá-nos uma resposta por dia, não adianta queremos colocar o filme para frente. Ele empanca, não vai.



Sem comentários :

Enviar um comentário

Pin It button on image hover